Carta Pastoral

DIA DE FAXINA

10/05/2018 - Autor: Pr. Natanael Lima

QUEBRA GELO: Material: 1 folha de papel oficio e 1 cédula de DINHEIRO (preferencialmente de R$ 50,00 ou R$ 100,00)

Como fazer:
1- Mantenha a folha e nota escondidas;
2- Diga que hoje você vai fazer com que eles sintam dor;
3- Apresente o papel e rasge-o na frente de um dos participante, demonstrando sentimento de dor (provavelmente eles não esboçarão sentimento e então você pergunta: você não sentiu dor?);
4- Repita esse procedimento com outros participantes e faça a mesma pergunta: você não sentiu dor?;
5- Em seguida apresente a cédula e demonstre que vai rasga-la também (dessa vez, provavelmente, eles reagiram com negatividade);
6- Conclua dizendo que os dois são papeis então porque eles não se importaram com a folha de ofício sendo rasgada e deram importância para a cédula;

Conclusão: Precisamos priorizar os valores perdidos no nosso lar.

PASSAGEM BÍBLICA: Lucas 15:8 - Ou qual a mulher que, tendo dez dracmas, se perder uma dracma, não acende a candeia, e varre a casa, e busca com diligência até a achar? 9 E achando-a, convoca as amigas e vizinhas, dizendo: Alegrai-vos comigo, porque já achei a dracma perdida. 10 - Assim vos digo que há alegria diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende.

DESENVOLVIMENTO DO TEMA:

INTRODUÇÃO: Você já perdeu algo, dentro de casa? É uma sensação estranha não é mesmo? Você sabe que tem, mas, não acha. Na parábola contada por Jesus, foi exatamente isso, que aconteceu com a mulher. Ela sabia que tinha 10 dracmas, sabia que tinha perdido 01 (uma) dentro de casa. E sabia que precisava encontrá-la.  E se pôs a procurar. 

Hoje muitas pessoas estão perdendo não somente coisas dentro de suas casas; esposas estão perdendo esposos, esposos estão perdendo esposas, pais estão perdendo filhos e filhos estão perdendo pais. Valores também estão sendo perdidos dentro dos lares. O valor do respeito mútuo, o valor de uma gentileza, o valor de uma refeição com todos reunidos, ainda que cada um com prato nas mãos, mas juntos.

O que podemos aprende com essa parábola e aplicar em nossas vidas? Como podemos reencontrar os valores perdidos no lar?
 
1º - É preciso saber o que se perdeu. E ascender a luz. 
Mensurar a perda, saber “quanto” ou “o que” está perdido. Nos auxilia na busca. O apostolo Paulo nos ensinou a não ficar dando murros no vento. I Coríntios 9:26 - Pois eu assim corro, não como a coisa incerta; assim combato, não como batendo no ar. 
Faça uma reflexão agora. Pergunte-se a si mesmo(a) o que você perdeu dentro de sua casa?
Assim que você souber. Ascenda a Luz da palavra de Deus e veja claramente onde está o que VOCÊ perdeu.

2º - Algumas vezes vamos precisar de ajuda.
A mulher pegou uma vassoura para auxilia-la na tarefa de procurar o que se havia perdido. Quero propor a ideia, de que essa vassoura, é uma pessoa. Por que por que a vassoura não vai fazer algumas coisas que só a mulher podia fazer. A vassoura era para auxiliar. Por isso a vassoura não poderia:
•    Ir sozinha 
•    Ir onde a mulher não permitisse.

Infelizmente muitas pessoas estão vivendo perdas por que não buscam ajuda em quem pode ajudar. Romanos 12:13 diz: Comunicai com os santos nas suas necessidades, segui a hospitalidade;
Precisamos buscar ajuda de pessoas santas. Pessoas de Deus!
 
3º - Precisamos testemunhar quando encontrarmos. 

Atos 4:20 - Porque não podemos deixar de falar do que temos visto e ouvido.
Deus nos abençoa para que possamos testemunhar a outro os seus feitos. A mulher quando encontrou convidou amigas e testemunhou sua benção.  
Quando somos abençoados não podemos nos calar, pois outro estão precisando do nosso testemunho para não desistir.

CONCLUSÃO: Creio que Deus deseja promover uma grande festa na terra e no céu. Por isso creio no Deus que restaura famílias! Devolvendo a elas os valores perdidos.

Baixar Carta