Carta Pastoral

Baixar Carta

OS DOIS MANDAMENTOS I

28/02/2019 - Autor: Pr Natanael Lima e Josy Cabral

QUEBRA GELO: Complete a frase: Eu amo...

DESENVOLVIMENTO DO TEMA:

INTRODUÇÃO: (Leia Marcos 12:28 -34) Está cada vez mais popular dizer que se ama a alguém, ou a algo. Não poucas vezes, um amor descompensado e momentâneo. Segundo o dicionário da língua portuguesa, amar é adorar, possuir afeição por; demonstrar afeição; fazer o bem a outrem mesmo que este bem, não beneficie a você mesmo. Amar é uma ação desprovida de si e cheia do outro. No texto que lemos, Jesus declara que existem dois mandamentos de Deus, que tornam todos os outros, consequências inevitáveis. Hoje vamos ver, o primeiro Grande mandamento. Você saberia dizer qual é? (leia o verso 29). Muitas pessoas dizem que amam a Deus. Mas como Deus espera que esse amor seja expresso?

1º Ele espera que seja de todo coração e de toda tua alma – significa amar a Deus acima de nossas emoções e de nossas vontades. O coração é a sede de nossos sentimento, e a nossa alma a sede de nossos desejos. Não é incomum ferirmos aqueles que amamos. Por que isso acontece? Por que existe um conflito entre o que sentimos e o que queremos. Amar a Deus de coração e alma significa harmonizar nossa vontade com a vontade de Deus. Jesus nos ensinou a pedir isso na oração do pai nosso. “Seja feita a tua vontade assim na terra como no céu”. (Mt.6:10)

2º Que seja de todo entendimento – Usar nossa inteligência, razão e capacidade de raciocínio nas demonstrações amor a Deus. Não basta buscarmos saber somente qual é a vontade de Deus. Mas também é necessário que compreendamos os motivos pelos quais Deus possui esta vontade para nós. Deus não nos diz para não fazermos algo, simplesmente por que Ele não quer. Quando ele nos diz para não fazermos, na verdade é por que não será bom para nós. Quando Deus proibiu o povo de comer carne de porco e de outros animais na travessia do deserto, na verdade ele estava protegendo o povo de ter uma disenteria no deserto. A prova disto é que depois Deus da uma visão a Pedro e diz que ele não deveria chamar imundo o que Deus tinha purificado. (At.10:15)

3º Que seja de todas as forças – Amar a Deus com toda disposição. Lucas 16:16 - A lei e os profetas duraram até João; desde então é anunciado o reino de Deus, e todo o homem emprega força para entrar nele. Algumas pessoas esperam que Deus tire de suas vidas, tudo que não agrada a Ele. Mas na verdade, Deus nos mostra o que não lhe agrada e espera que NÓS as tiremos de nossas vidas. Gênesis 4:7 - Se bem fizeres, não é certo que serás aceito? E se não fizeres bem, o pecado jaz à porta, e sobre ti será o seu desejo, mas sobre ele deves dominar.

CONCLUSÃO: Amar a Deus sobre todas as coisa é uma escolha diária.

Baixar Carta