Carta Pastoral - Pré-Adolescentes

TRANSFORMANDO ADVERSIDADE EM BENÇÃO 10 - UMA PEQUENA ESCRAVA

22/08/2017 - Autor: Eunilda Santos

QUEBRA GELO: Dê uma folha de papel para cada pré-adolescente e peça para que eles desenhem a obra da natureza que mais gosta. Coloque-os em círculo e peça para que cada um diga o que desenhou e porque gosta do que desenhou. Fale como Deus é bom e sábio por ter criado tudo o que eles desenharam. Diga que na história bíblica de hoje eles vão conhecer uma menina que também falou sobre o que Deus pode fazer.

PASSAGEM BÍBLICA: Não deixe que ninguém o despreze por você ser jovem. Mas, para os que creem, seja um exemplo na maneira de falar, de agir, no amor, na fé e na pureza.
REFERÊNCIAS BÍBLICAS: II Reis 5:1-19.

DESENVOLVIMENTO DO TEMA: OBJETIVO: Entender que devemos aproveitar as oportunidades para falar do amor de Jesus.

HISTÓRIA: Naamã, era o comandante do grande exército da Síria. Ele era muito importante e seu exército sempre vencia as guerras. Naamã e sua família tinham muitos criados. E com esses tinha uma menina que foi trazida de Israel como prisioneira, e ficou sendo escrava da sua esposa. Ela percebeu que seu patrão andava muito triste, ela descobriu que que ele estava com Lepra. Naquela época a lepra não tinha cura e quem tinha essa doença deveria sair da cidade e ir morar nas montanhas, longe da família. A menina disse a sua senhora que sabia que seu patrão estava muito doente, e que sabia quem poderia curá-lo. Sei que o profeta do meu povo, que mora na Samaria, pode curar essa doença. Então, Naamã resolveu fazer o que a sua jovem escrava lhe dissera, e foi para Samaria em Israel para ver o profeta Eliseu. Quando chegou na porta da casa de Eliseu, ele pensou que o profeta sairia para falar com ele, e que oraria ao Senhor, que passaria a mão sobre o lugar doente. Isso não aconteceu. O profeta Eliseu não o recebeu. Mandou que seu empregado dissesse ao comandante Naamã que fosse ao rio Jordão e mergulhasse sete vezes, e assim ficaria completamente curado. Naamã ficou muito zangado. Disse que veio de tão longe e que o profeta ao menos saiu para falar com ele. Já que estava ali, não custava nada fazer o que o profeta mandou. Foi até o rio, entrou e mergulhou as sete vezes, e quando olhou para seu corpo e ele estava completamente curado. Naamã voltou à casa de Eliseu e ele já estava na porta à sua espera, pois já sabia o que havia acontecido. Naamã agora sabia que o Deus do povo da sua jovem escrava era muito poderoso.

CONCLUSÃO: Nós também temos o mesmo Deus dessa jovem escrava, o Deus vivo. Uma palavra dessa menina fez com que Naamã fosse curado, e cresse em Deus. 

E você está fazendo com que outras pessoas acreditem e confiem nesse Deus?

Você tem falado de Jesus para seus amigos, para as outras pessoas?

Líder, ore com eles pedindo ao Senhor Jesus que os ajude a falarem para as outras pessoas sobre o amor de Deus por elas. Que Deus às amou tanto que deu seu único filho Jesus para que aquele que nele crer não morra, mas tenha vida eterna.
 

Baixar Carta