Informativos

8º DIA - DESCONSIDERANDO O PRÓXIMO

Reparte o teu pão com o faminto..

Uma das palavras mais festejadas de nossa sociedade contemporânea é juntar. Desde jovens, todos são conduzidos a acumular mais e mais. Jesus contou uma parábola para explicar que a vida de um homem não consiste na quantidade dos seus bens. Era um homem rico que produziu muito e não tendo como armazenar sua colheita, construiu celeiros ainda maiores, confiante de que estaria garantido por muitos anos. Jesus o chamou de louco, pois guardava para si riquezas e não era rico para com Deus,

Lc 12.16-21. Paulo declarou que mais bem-aventurada coisa é dar do que receber, At 20.35

A palavra-chave no reino de Deus não é juntar e sim repartir. Não pense apenas em dinheiro. Reparta também seu tempo, seu ouvido, a palavra e tudo aquilo que Deus lhe deu. Reparta com seu próximo. Perguntado sobre quem é o nosso próximo, Jesus contou a parábola do bom samaritano. O samaritano, movido por compaixão e misericórdia, cuidou daquele que fora assaltado e deixado ferido à beira do caminho. Não somente cuidou das feridas dele como também o levou até uma hospedaria e pagou todas as despesas, Lc 10.25-37. Jesus disse ao que o arguia: aja como o samaritano!

Um dos temas bíblicos mais recorrentes trata do amor ao próximo. Paulo afirmou: a ninguém fiqueis devendo coisa alguma, exceto o amor com que vos ameis uns aos outros; pois quem ama o próximo tem cumprido a lei. Pois os mandamentos: não adulterarás, não matarás, não furtarás, não cobiçarás e, se há qualquer outro, todos se resumem em: amarás ao teu próximo como a ti mesmo, Rm 13.8-9. Também João afirmou que se alguém não ama a seu irmão a quem vê, não pode amar a Deus a quem não vê, 1 Jo 4.20. Deixe o Espírito de Deus falar com você. Ore a Deus pedindo oportunidades para dar o que você tem recebido. Não retenha; experimente a bênção de poder repartir.