Informativos

9º DIA - EXPRESSANDO INDIFERENÇA

Não te escondas de teu semelhante...

Certa vez um pastor, ao pregar para universitários, ouviu de alguém da plateia que, se Deus aparecesse no mundo, seria julgado por omissão. Não é o que a Bíblia nos revela. Deus nunca foi omisso. Ao contrário, desde a queda do homem no Jardim do Éden, o que se vê é o Senhor indo atrás daquele que se perdeu. Deus tomou a iniciativa de procurar Adão quando ele e sua mulher lhe desobedeceram; fez o mesmo quando Caim matou seu irmão Abel. Jesus, na casa de Zaqueu, afirmou que veio para buscar e salvar aquele que se havia perdido, Lc 19.1-10. Quem ama se importa. O que é o amor? Como o definimos? Podemos encontrar na Bíblia o seu significado, lembrando o texto mais conhecido da Escritura, João 3.16. O amor olha para o outro, vê a sua necessidade e se manifesta em uma atitude de dar, exigindo muitas vezes até sacrifícios. Muitos acham que amor é sentimento; outros até o confundem com sexo. Amor não é sentimento; amor é atitude! As pessoas pensam que o contrário de amor é ódio. Não! O contrário de amor é algo muito mais terrível que o ódio: é a indiferença. O texto de Isaías 58 afirma que aqueles que jejuavam estavam se escondendo de seus semelhantes. Estavam indiferentes às suas necessidades. Faziam vista grossa, assim como o levita e o sacerdote agiram com relação àquele homem que fora assaltado e ferido na parábola do bom samaritano, Lc 10.29-37

Medite nesta palavra. Você está indiferente às necessidades dos outros? Você prefere se esconder para não ser incomodado e ter de sair do seu conforto? Você já desistiu das pessoas? Ore e peça que Deus fale ao seu coração.